Em Curso de Doces Finos, Doces finos

Folheando algumas revistas de moda descobri que a cor que irá ditar a moda 2017 será a Greenery.

A Pantone (empresa que produz a cartela de cores para uso profissional) é a responsável pela referência de padrões de cores para a indústria da moda, do design e gráfica. A cor em questão foi eleita a cor de 2017 para nos proporcionar mais tranquilidade em face ao momento social e político mundial tão tumultuado e agressivo. A cor Greenery simboliza as conexões que buscamos com a natureza, satisfazendo o nosso crescente desejo de otimismo e renovação.

Na matéria da revista Vogue do final de 2016, mostra a cor Greenery em vários seguimentos da moda, usada como uma pincelada de esperança, como poderá conferir clicando AQUI. A cor não está apenas nas passarelas, também está com sua presença garantida nas joias e na decoração, veja nessa outra matéria da Vogue clicando AQUI.

Abraçando essa ideia da Greenery, os casamentos também não poderiam ficar de fora desse contexto, segue uma matéria de janeiro de 2017 da revista Claudia (clique AQUI), onde exemplifica a tendência de usar diversos tons de verde no convite, na decoração, no bolo, na mesa de doces, no bouquet. O Greenery pode estar associado a diversos estilos diferentes de festa do clássico ao descontraído.

Sabendo dessa tendência você poderá oferecer aos clientes docinhos envoltos em forminhas artesanais que estejam dentro da mesma linguagem.

Ou também oferecer docinhos como o nosso delicioso Ninho de pistache, além de agradar os mais exigentes paladares também está dentro da mesma proposta. O que você acha?

Você sabe fazer essa delícia? Fazer doce é como uma arte é uma doce terapia.

Existem infinitas possibilidades, com um universo enorme de receitas e ingredientes para criar muitos doces com muitos sabores e apresentações diferentes, onde cada confeiteiro irá colocar um toque pessoal expondo a sua personalidade.

Então o que está esperando?

Comece logo essa jornada e caia na tentação! Venha fazer doce! Faça a sua reserva clicando AQUI.

 

Gostou do meu post? Clique no coraçãozinho e Compartilhe!

Deixe seu comentário

Cecilia
Cecilia de la Fuente foi nomeada Chef Pâtissière e cake designer pela Associação Brasileira da Alta Gastronomia. Formada pela FAAP em design gráfico e pós-graduada na ESPM em marketing. Desde criança cozinha para família e amigos como diversão. Em 1996 virou a mesa, transformou o hobby em profissão, deixou a área de marketing para iniciar sua carreira na confeitaria. Sempre com muita vontade de aperfeiçoar, fez curso técnico de confeitaria no SENAI. Sua ousadia em inventar receitas trouxe muitas alegrias e prêmios, o primeiro foi no concurso da Rich’s, da America Latina. Depois disso não parou mais de inventar e nunca parou de estudar. Fez cursos de confeitaria com vários profissionais de renome: François Payard, Pilar Kurdi, Nicholas Lodge, Ana Maria Salinas, Marcela Sanchez, Álvaro Rodrigues, Flávia Millás, Maisie Parrish, Lindy Smith, Debbie Brown, Colette Peters, Rosa Viacava, Kim Morrison, Autumn Carpenter, Heidi Schoentube, Cecilia Morana, Julie Bashore, Flávio Federico, Curso Doçaria Conventual em Porto – Portugal, The Wilton School of Cakes Decorating em Chicago –USA. Desde 2007 ministra aulas de doces. De lá pra cá ministra aulas no próprio atelier e também sempre é convidada para ir em outros centros de culinária no Brasil e no exterior: Centro de Culinária Tia Marlene, Loja Bondinho, Atelier Gourmand, Atelier da Gula no Rio de Janeiro, Loja Maria Chocolate em Belo Horizonte, Cristal Festas em Goiânia, Atelier de Andrea Follador em Curitiba, Stanford e Los Angeles USA. Sua grade de cursos está voltada para sweet finger foods (doces finos de festa, macarons, brigadeiros gourmet, biscoitos decorados). Os docinhos de sua autoria, dados em aula, estão fazendo sucesso nas cozinhas de seus alunos no Brasil e no exterior. O sucesso dos alunos é o seu objetivo!
Posts recomendados
Showing 2 comments
  • Osvaldo
    Responder

    Oi Cecília, gostei muito de sua publicação sobre GREENERY, COR 2017.

    Eu já estava inclinado a fazer o curso Doces Finos I, e tenha certeza, com a sua reportagem, fiz rapidamente minha inscrição para 6 de maio, um sábado, uma vez que durante a semana fica difícil em função do trabalho. Iniciar uma atividade para entrar no mercado e ainda mais com as tendências da moda, facilita muito.

    Aproveito a oportunidade para pedir o curso Doces Finos II, uma data aos finais de semana, o que facilita muito para organizar a agenda.

    Parabéns

    • Cecilia
      Responder

      Fico contente que tenha gostado! Até dia 06 de maio!

Deixe um comentário

0