Em Curso de Brigadeiro Gourmet, cursos presenciais, Postagens

Algumas pessoas me pediram para eu escrever algumas dicas sobre o PONTO do Brigadeiro Gourmet.

Como é difícil acertar o Ponto do Brigadeiro. Eu só sei reconhecer o PONTO mexendo na massa. Conforme a massa vai cozinhando eu percebo que vai mudando não só a textura como também a cor e a densidade da massa. Essa coisa de acertar o PONTO também está relacionado com a prática, quanto mais você tem intimidade com a massa mais fácil fica de identificar o PONTO correto e consequentemente acertar.

Vou dar uma dica infalível para quem está iniciando… Durante o cozimento, de vez em quando faça um rastro com a espátula de silicone e observe o comportamento da massa. Você vai perceber que a massa vai engrossando, perdendo líquido. No início do cozimento, depois que passar a espátula fazendo o rastro a massa vai voltar rapidamente fechando o rastro. A medida que a massa vai engrossando a massa vai demorar mais para voltar, até o momento que a massa não volta por completo. É esse o PONTO de enrolar.

Brigadeiro gourmet 15

Cuidado que o PONTO é muito sutil, você poderá errar tanto para menos ou simplesmente passar. Não se preocupe, errar faz parte do aprendizado, perceba seus erros, preste atenção como ficou o PONTO, anote como a massa ficou no momento que você achou que estava no ponto e perceba como ficou depois de pronta, para na próxima vez saber o momento certo de parar e achar o PONTO CERTO para as bolinhas do seu Brigadeiro ficarem perfeitas!

Algumas receitas de Brigadeiro Gourmet são mais complexas, levam ingredientes como sucos de frutas ou licores. Nesses casos específicos eu ensino alguns truques para o PONTO ficar perfeito, vou explicar direitinho no Workshop de Brigadeiro. Clique AQUI para ver os detalhes do Workshop Brigadeiro Gourmet e reservar a sua vaga.

 

Eu tirei as suas dúvidas sobre Ponto? Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Deixe seu comentário

Cecilia
Cecilia de la Fuente foi nomeada Chef Pâtissière e cake designer pela Associação Brasileira da Alta Gastronomia. Formada pela FAAP em design gráfico e pós-graduada na ESPM em marketing. Desde criança cozinha para família e amigos como diversão. Em 1996 virou a mesa, transformou o hobby em profissão, deixou a área de marketing para iniciar sua carreira na confeitaria. Sempre com muita vontade de aperfeiçoar, fez curso técnico de confeitaria no SENAI. Sua ousadia em inventar receitas trouxe muitas alegrias e prêmios, o primeiro foi no concurso da Rich’s, da America Latina. Depois disso não parou mais de inventar e nunca parou de estudar. Fez cursos de confeitaria com vários profissionais de renome: François Payard, Pilar Kurdi, Nicholas Lodge, Ana Maria Salinas, Marcela Sanchez, Álvaro Rodrigues, Flávia Millás, Maisie Parrish, Lindy Smith, Debbie Brown, Colette Peters, Rosa Viacava, Kim Morrison, Autumn Carpenter, Heidi Schoentube, Cecilia Morana, Julie Bashore, Flávio Federico, Curso Doçaria Conventual em Porto – Portugal, The Wilton School of Cakes Decorating em Chicago –USA. Desde 2007 ministra aulas de doces. De lá pra cá ministra aulas no próprio atelier e também sempre é convidada para ir em outros centros de culinária no Brasil e no exterior: Centro de Culinária Tia Marlene, Loja Bondinho, Atelier Gourmand, Atelier da Gula no Rio de Janeiro, Loja Maria Chocolate em Belo Horizonte, Cristal Festas em Goiânia, Atelier de Andrea Follador em Curitiba, Stanford e Los Angeles USA. Sua grade de cursos está voltada para sweet finger foods (doces finos de festa, macarons, brigadeiros gourmet, biscoitos decorados). Os docinhos de sua autoria, dados em aula, estão fazendo sucesso nas cozinhas de seus alunos no Brasil e no exterior. O sucesso dos alunos é o seu objetivo!
Posts recomendados

Deixe um comentário

0